Não perca nenhuma das nossas notícias e dicas. Assine a nossa newsletter!
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Anestesia para Preenchimento Facial

O uso de anestesia para preenchimento facial é uma forma de proporcionar conforto ao paciente durante os procedimentos e mantê-lo fiel aos seus cuidados.

Anestesia para Preenchimento Facial

O uso de anestesia para preenchimento facial é uma forma de proporcionar conforto ao paciente durante os procedimentos e mantê-lo fiel aos seus cuidados.

O uso de anestesia antes dos procedimentos de preenchimento facial é uma alternativa válida para proporcionar conforto ao paciente.

E também garante que nós profissionais possamos trabalhar tranquilos, sabendo que a dor não trará maiores dificuldades no ato das aplicações.

Digo isso no sentido de que a analgesia é nossa aliada contra a "agitação" que determinadas pessoas sofrem só de pensar em sentir dor.

É claro que as formas de analgesia que veremos a seguir são locais e não do tipo sossega leão.

A intenção não é apagar o paciente como se fazia na antiguidade, mas sim deixá-lo livre do incomodo, pois os procedimentos de preenchimento podem ser bem doloridos.

Então, venha comigo e vamos dar continuidade a mais um assunto importante para a HOF, os tipos de anestesia.

Tipos de Anestésicos

Existem basicamente duas classificações para anestesias: As de sedação local e as de sedação geral.

A anestesia geral é velha conhecida das cirurgias médicas que exigem a sedação total do paciente.

Enquanto as anestesias locais fazem jus ao nome e agem localmente, sedando apenas uma determinada região.

E como o foco de hoje são as anestesias para preenchimento facial, vamos conhecer os seguintes tipos de anestesia local:

  • Anestesia Tópica.
  • Anestesia Infiltrativa.

Cada uma delas tem suas vantagens e podem ser aplicadas antes de diversos tipos de procedimentos na HOF.

Vale destacar que até o mais forte dos pacientes está sujeito a dor, então é importante escolher o tipo de analgesia adequada a cada caso e necessidade.

Garanta conforto e bem estar durante os tratamentos, além de resultados efetivos, e veja seus clientes voltarem sempre para você!

Anestesia Tópica

O anestésico tópico é encontrado em forma de pomada ou creme e pode ser administrado sobre a pele ou em região de mucosa.

A aplicação é feita alguns minutos antes do procedimento para que possa agir e anestesiar o local da aplicação.

Apesar de ser um dos fármacos mais utilizados, os anestésicos tópicos nem sempre alcançam o efeito desejado para alívio efetivo da dor.

Por isso, eles podem ser aplicados como complemento antes da anestesia infiltrativa.

A ação conjunta das duas substâncias tem alto poder de analgesia e portanto é bastante eficaz.

O objetivo é diminuir a dor nos tecidos subcutâneos, provocada pela agulha que irá realizar a anestesia.

Anestesia Infiltrativa

A anestesia infiltrativa beneficia a absorção do agente anestésico através da injeção próxima a ramos nervosos terminais.

E desta forma ela irá promover a analgesia de determinada área circunscrita da face a ser tratada.

No preenchimento facial é comum utilizar a anestesia infiltrativa por bloqueio terminal na região supraorbitária, infraorbitária e mentoniana.

E podemos fazer alguns bloqueios laterais também mas nem sempre é necessário.

A analgesia em supraorbital é feita antes de trabalharmos preenchimento em região glabela, dorso de nariz e columela.

E nas regiões infraorbitária e mentoniana para trabalhar lábios e sulco nasolabial.

Anestésico com ou sem Vasoconstritor: Por qual optar?

Anestésicos com vasoconstritor metem medo na maioria dos profissionais devido ao risco de necrose.

Porém, este tipo de problema só vai ocorrer se houver equívoco técnico de aplicação do medicamento além da dose recomendada.

Se você injetar 0,8 de anestésico no seu paciente, por exemplo, vai ter risco de necrose por isquemia, muito tempo sem oxigenação, tem risco.

Até mesmo anestésicos sem vasoconstritor podem gerar complicações se aplicados em excesso.

Na face o mínimo de 0,5 e o máximo de 0,7 é a quantidade ideal para a administração de anestésico injetável.

Se você deseja um efeito de analgesia duradouro, a lidocaína com vasoconstritor é a escolha ideal.

Geralmente este tipo de medicamento é usado em regiões onde a dor do preenchimento é mais intensa, como nos lábios por exemplo.

Procedimentos como este que geram volume costumam ser mais incômodos devido a expansão tecidual e quebra de fibras.

Mas se você deseja que o paciente não fique muito tempo anestesiado, opte pela lidocaína sem vasoconstritor.

E fique atento pois o efeito pode passar antes da finalização dos procedimentos, mas nada que prejudique o bem estar do seu paciente.

Se preciso for, faça um reforço da analgesia e prossiga com calma até concluir as aplicações.

O uso de anestesia em procedimentos de harmonização facial é essencial.

Infelizmente, muitos profissionais ignoram esta etapa pois desconhecem que a dor pode aumentar os níveis de estresse do paciente.

Evitar a dor das aplicações de preenchimento pode parecer algo sem importância para muitos, porém a eliminação da sensibilidade deve ser feita.

Iniciar tratamentos sem analgesia, principalmente se forem longos, com certeza dificultará o bom andamento do seu trabalho. E você não quer isso.

Aprenda mais sobre anestesia para Preenchimento Facial

Para aprender mais sobre anestesia para preenchimento facial, basta fazer o Curso Online de Preenchimento Facial do Portal Diogo Melo.

Aprenda também o momento certo de indicar as inúmeras técnicas de preenchimento e obter o melhor para os seus pacientes.

São mais de 32 horas de um curso dividido em 5 módulos e todo o conteúdo teórico-científico que você precisa.

Torne-se meu aluno e venha compartilhar conhecimento comigo.

E para encerrar o nosso papo de hoje, assista a dica sobre anestesia para preenchimento labial.

Um grande abraço e fique com Deus.

https://www.youtube.com/watch?v=95rmGheXf_E

Comentários